• Chá

P R O J E T O: Calçada Sustentável

Atualizado: 1 de Dez de 2018


As calçadas sustentáveis tem como objetivo melhorar a utilização desse espaço público, atendendo às normas que regulam a construção e manutenção das calçadas de modo a garantir: acessibilidade, permeabilidade do solo, a arborização, e a implantação de equipamentos e mobiliários urbanos adequados.

Agregando também na melhoria da qualidade de vida das crianças, dos trabalhadores, da gestante, dos idosos, dos pedestres que têm pressa e também daqueles que a usam para passear.


FAIXAS DA CALÇADA

As calçadas são divididas em três faixas, sendo essas:


FAIXA DE SERVIÇO

A faixa de serviço deve ter no mínimo 50 cm de largura. Ademais as árvores, lixeiras e postes devem estar localizados na faixa serviços, para que não atrapalhem a faixa livre, visto que essa é a faixa de locomoção dos pedestres.


Por que plantar árvores?

As vantagens de se plantar uma árvore são inúmeras, principalmente se todos os cidadãos se conscientizassem.

Dentre algumas dessas vantagens podemos citar: conforto térmico associado a umidade do ar e sombra, redução da poluição e consecutivamente melhoria na qualidade do ar, proteção e direcionamento dos ventos, aumento do valor das propriedades, além de melhorar o aspecto visual da cidade e melhorar até o bem estar psicológico dos seus habitantes. Em consequência disso, segue abaixo algumas espécies de árvores que podem ser plantadas na faixa de serviços, sem que haja a destruição das calçadas:


Porte pequeno e médio:

Porte grande:

Dimensionamentos

Lixeiras: as lixeiras devem observar algumas exigências, tais como estar em bom estado de higiene e conservação, possuir uma distância mínima de 15 cm horizontalmente, entre a lixeira e a quina do meio- fio. Árvores: já as árvores devem possuir uma distância mínima de 5 metros da esquina; 2 metros de bocas de lobo; 2 metros de garagens; 4 metros de postes; 5 metros de semáforos e 30 cm do meio-fio.


FAIXA LIVRE

A faixa livre é localizada no centro da calçada e é destinada à circulação do pedestre, sendo a principal faixa da calçada. A faixa livre deve ter um dimensionamento de no mínimo 1,50 metros de largura, e sua inclinação máxima deve ser 3%.

É na faixa livre que se localiza o piso tátil, sendo esse em alto relevo, e em cor contrastante com a do piso, assentado ao longo das calçadas para orientação de pessoas deficientes.

Calçada Sustentável A calçada sustentável foi proposta com uma largura de dois a quatro metros. Como podemos observar na planta abaixo, ela ficará desta forma:

Escolha dos materiais para a calçada

Os principais tipos de materiais para a construção dos passeios das calçadas são: • Concreto desempenado; • Concreto estampado; • Cimentado (argamassa sobre lastro de concreto); • Pavimentos intertravados; • Placas pré-moldadas de concreto; • Ladrilho hidráulico; • Rochas naturais: miracema, mosaico português, granitos ou mármores não polidos, arenitos; • Revestimentos Cerâmicos Antiderrapantes.


Principais problemas que impedem o pedestre de transitar pela faixa livre:

• Calçadas em condições precárias de execução ou manutenção, com buracos, pedras e pisos soltos; • Descontinuidade de calçadas, com trechos em degraus, desníveis, saliências ou rampas muito inclinadas; • Prejuízos estéticos causados pela mudança do tipo de revestimento a cada novo lote; • Piso escorregadio, irregular ou trepidante; • Raízes expostas de árvores; • Veículos em cima do passeio; • Materiais de construção, entulho e lixo jogados no passeio; • Produtos de lojas em exposição; • Vendedores ambulantes; • Saída de água pluvial, fossas e sumidouros sobre a calçada; • Mobiliário urbano mal localizado.


FAIXA DE ACESSO

Por último a faixa de acesso é a faixa localizada junto ao alinhamento predial e é destinada à colocação de propaganda móvel, mesas e cadeiras (mediante autorização da SEMADUR), vegetação e toldos. 


(Clique aqui para ver o PDF da cartilha da Calçada Sustentável)


Eai, o que acharam da nossa cartilha? Deixe seu comentário =)

204 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

© O Chá das Quatro

              2018.