• Luana Machado

D E C O R: Plantas para Cultivar dentro de Casa

Atualizado: 4 de Dez de 2018

Minha mãe sempre adorou orquídeas, e plantinhas dentro de casa; E sempre amei, pois além de de deixar o ambiente lindo, tornava-o muito mais agradável, e benéfico a nossa saúde. E justamente por isso, hoje venho apresentar a vocês algumas plantas para cultivar dentro de casa, para alegrar sua casa e a sua vida, e quem sabe despertar um amor .

A planta dentro de casa, aumenta a qualidade do ar, assim, aumentando o conforto térmico, ou seja, resfriam o ambiente diminuindo a temperatura. Estudos também comprovam que as plantas reduzem a presença de pó no ar em até 20%, sendo uma boa aliada para quem sofre com alergia ao pó.

Também são ótimas no conforto acústico, por serem eficazes na diminuição de ruídos. Em lugares fechados elas têm o poder de abafar o som. Se você mora num local em que há muito barulho externo, experimente colocar um vaso de plantas próximo à janela, ou experimente usar plantas altas para formar uma parede “viva”, no seu muro, elas funcionaram como uma barreira contra o som.


Onde colocá-las?

Escolha locais próximos às janelas, onde a incidência de luz solar é melhor e tem mais ventilação. O mesmo vale para as varandas, mas se no lugar ventar muito a planta pode não resistir, então evite lugares onde o vento é forte, basta um local arejado.

As plantas que melhor se adaptam aos ambientes internos são as do tipo folhagens pois necessitam de menos luz para fazer fotossíntese.

Já as plantas com flores são mais indicadas para ambientes abertos, como a varanda, pois necessitam de boa ventilação e maior iluminação. 

Como cuidá-las?

Procure saber se a quantidade de luz natural disponível (e necessária) para as plantas, ou se é possível deixá-las perto de uma iluminação artificial.

De tempos em tempos gire o vaso, para que assim, todas as partes da planta obtenham alguma luz.

As plantas precisam de água, porém, não regue demais, nem de menos. Ao regar, faça isso até que você possa ver um pouco de água saindo do fundo do vaso. Nunca use vasos que não tenham, ao menos, um orifício na parte inferior.

Cactos e espécies suculentas precisam de menos rega do que as plantas de folhas finas ou que dão flores.

.

Agora que já sabemos seus benefícios, como cuidá-las e onde colocá-las, vamos escolher a ideal para você? Vem comigo ver algumas opções!


Cacto

Ótima opção para quem não tem tempo ou jeito para cuidar de plantas, a espécie gosta de muitas horas de luminosidade direta e pouca água. Quanto mais sol seu cacto receber, mais robusto e bonito ele ficará. E ótimo para ser plantado em vasos, pois ele estaciona seu crescimento ao perceber que o espaço acabou.



Orquídea Quem nunca comprou ou ganhou de presente um vaso desta planta? Campeã no uso interno, ela pede poucos cuidados. Por ser bastante delicada, é melhor escorar sua haste com um tutor. E vale a pena substituir os vasos de plástico pelos de barro, pois são porosos e drenam melhor a água. Deve ser cultivada à meia-sombra, recebendo iluminação indireta. Preste atenção na coloração da folhagem: se estiver escura, mude a orquídea de local.


Lança de São Jorge

Com sua folhas verticais e em formato cilíndrico, a Lança de São Jorge é ideal para cômodos internos e para decorar os cantos dos ambientes. Pode ser plantada em vasos ou mesmo em jardins de pedra, devido à resistência. Sua irrigação deve acontecer uma vez a cada duas semanas, sem jogar água diretamente sobre as folhas. É ótima para purificar o ar da sua casa.



Samambaia

De coloração verde-clara, apresenta folhas longas e pendentes, que costumam formar touceiras volumosas, demonstrando sua bela textura. Para tirar proveito dessas características, plante-a em vasos suspensos ou em um local alto. A iluminação ideal para cultivá-la é a meia-sombra, mas ela também gosta de receber iluminação difusa. O vento é um dos seus maiores inimigos, pois acaba queimando as folhas mais jovens.



Hera

Os cientistas dizem que esta planta é excelente para a purificação do ar. Ela absorve perigosíssimas toxinas, como o benzeno e o formaldeído. É certamente uma das melhores plantas para você manter em sua casa.


Lavanda

Esta planta alivia a ansiedade e ajuda os insones. Inalar o perfume de lavanda proporciona um efeito calmante e sedativo. Pode ser utilizada também como fonte medicinal analgésica, sedativa, anti-inflamatória e antisséptica. Além disso, a cor lilás já é "calma" e isso ajuda.



Zamioculca

Essa planta é resistente e continua bonita mesmo quando você esquece de cuidar dela. O ideal é que você regue uma vez por semana e fique atento ao sol, que não faz bem para o seu crescimento. O sol direto não faz bem para seu crescimento, então recomenda-se colocá-la à meio-sombra ou em ambientes sem luz. Importante: todas as partes da planta são venenosas se ingeridas, uma opção não tão boa se você mora com crianças ou animais de estimação. 

Suculentas

São plantas que apresentam raiz, talo ou folhas engrossadas, característica que permite o armazenamento de água durante períodos prolongados. Bastante fáceis de cuidar, elas costumam "avisar" do que precisam, basta olhar com atenção aos detalhes.

Se as folhas começam a murchar, aumente gradativamente a quantidade de água; se as folhas da base começarem a apodrecer, diminua. Se ela ficar fina e perder muitas folhas, não está recebendo a quantidade necessária de luz.



E você, tem plantinhas dentro de casa? Qual sua preferida? Conta pra gente!

35 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

© O Chá das Quatro

              2018.